Campanha da Fraternidade

No dia 24/03, com o plenário do Cepar lotado, a comissão da Campanha da Fraternidade deu inicio às atividades de formação sobre o tema, com a Plenária da Campanha, amplamente divulgada na comunidade. A Campanha deste ano se fundamenta nos documentos do Concílio Vaticano II, principalmente o “Gaudium et Spes” sobre a Igreja no mundo de hoje. Procurou-se esclarecer neste primeiro momento, dúvidas a respeito da petição popular que deverá recolher 1.500.000 assinaturas, para, tal qual ocorreu com a lei da Ficha Limpa, induzir o Congresso Nacional a votar a chamada “proposta de iniciativa popular para a Reforma Política”.

O documento, de iniciativa da CNBB, do CONIC (conselho nacional das igrejas cristãs do Brasil) e de outras entidades, elaborado pela OAB deve ser conhecido por todos para que possamos reivindicá-lo como uma resposta concreta ao tema da Campanha deste ano: Igreja e Sociedade.

Robson Leite, nosso paroquiano e divulgador do documento, apresentou em linhas gerais, na plenária, os pontos mais importantes da proposta de reforma, que são:

  • Fim do financiamento empresarial para as campanhas políticas.
  • Doações de pessoas físicas limitadas a R$ 700,00.
  • Eleições proporcionais em dois turnos, onde no primeiro turno, os partidos apresentarão seus programas de governo, dando-se a votação para determinar o número de cadeiras para cada um. No segundo turno cada partido com representação concorrerá com o dobro de candidatos para o total de cadeiras alcançadas, sendo metade dos candidatos do sexo masculino e metade feminino.
  • Aumento da fiscalização, com maior poder ao TSE.
  • Entre outras.

O formulário para a coleta das assinaturas pode ser adquirido acessando: www.reformapoliticademocratica.org.br , assim como outras informações.

Padre Sebastião agradeceu a participação da comunidade, que foi excelente e, chamou a atenção para a necessidade de conhecermos a fundo o que nos propõe a CF deste ano, continuando a participar de todos os debates que ainda teremos.

Fizemos algumas perguntas a Equipe da Campanha da Fraternidade, que prontamente nos respondeu:

 

1- Como será a divulgação e aprofundamento do tema da CF no Loreto?

A divulgação da CF 2015 na comunidade do Loreto teve início efetivamente nas missas da quarta feira de Cinzas onde os padres fizeram o lançamento da CF e a Equipe de Coordenação apresentou o tema, o lema e objetivos da campanha, nesta ocasião foram apresentados o cartaz e o banner da campanha.  A divulgação prosseguiu com a apresentação no Conselho Pastoral dos principais atos litúrgicos da Quaresma e com o encaminhamento, pela PASCOM, de e-mails para as pastorais e movimentos da Igreja. Outras atividades, algumas já programadas outras não, irão contribuir com a divulgação, tais como: através dos círculos, avisos de missas, a palestra do Prof. Robson Leite do dia 24/3 e outras palestras que estão sendo programadas para após a Quaresma.

 

2- Na prática, o que a CF pode deixar de legado para nossa comunidade? 

O maior legado que a campanha da fraternidade pode nos deixar é que o cristão possa tomar consciência de sua ação no mundo e a ampliação do diálogo entre a igreja e sociedade. Como já diz a letra do hino da campanha da fraternidade: “Uma Igreja de portas abertas sem medo de amar”. Isso tudo depende muito do empenho da comunidade em divulgar e em colocar em prática os objetivos da campanha: “Objetivo geral: aprofundar, à luz do Evangelho, o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade, propostos pelo Concílio Ecumênico Vaticano II, como serviço ao povo brasileiro, para a edificação do Reino de Deus (CNBB)”. Acreditamos que a CF é um momento para a comunidade debater sobre temas que atingem, em cheio, o seio da sociedade, conscientizando a comunidade que é responsabilidade de todos melhorar nossa sociedade.

 

3- Alguma pastoral em particular terá uma função direta nas atividades propostas pela CF? Quais e como se dará?

A luz do tema da CF “Fraternidade: Igreja e Sociedade” e do lema “Eu vim para servir (Mc. 10,45)”, todas as pastorais tem sua participação, cada uma dentro do seu perfil como pastoral, pois é parte integrante da comunidade. Todas as pastorais e movimentos, imbuídos do tema e lema da CF e tendo como foco os seus objetivos, devem procurar contribuir com ações concretas que possam aproximar Igreja e Sociedade. Todas as Pastorais estão envolvidas, não existe uma em particular, no entanto, as pastorais Familiar e da Ação Social já vem desempenhando suas atividades mais próximas à comunidade.

 

4- Lendo o texto, nos parece que o SERVIÇO a que nos chama a Igreja, passa por além das fronteiras dos trabalhos cotidianos das pastorais. Como envolver e comprometer as pastorais e grupos diversos a esta proposta?

Esse serviço deve ser posto em prática na sociedade em que habitamos, no nosso trabalho cotidiano, e nos leva a recordar a vocação do cristão de fé, que é o diálogo e a colaboração entre a Igreja e a sociedade. Como cristãos devemos ser um sinal que indica a direção, o rumo certo. Mas não basta apenas a boa intenção, é preciso passar à ação, como por exemplo: palestras de conscientização e de esclarecimento; a atuação dos religiosos nas comunidades carentes (padres, diáconos e congregações de irmãs); e a atuação da Igreja junto aos órgãos governamentais procurando o bem comum, uma sociedade mais ouvida, particularmente, os mais necessitados.

(Pela Pascom: Ana Clébia, pela CF Walmir e Selma)

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM