Temas bíblicos

Evangelho de João (28) Jo 15,18-16,33 (IV). Provação (16,16-28)

A Igreja, chamada por Jesus a viver a sua hora, recebe, nesse momento, o seu conforto. No Apocalipse, voltamos a ouvi-lo quando o Senhor da Igreja, que já exortara a igreja de Esmirne (Ap 2,8) a perseverar para não perder a sua coroa, exorta a igreja de Filadelfia (Ap 3,7). Porque sabe que ela tem pouca força, ele garante que a tribulação que terá que sofrer por causa das perseguições do mundo será de breve duração. Será como num parto, animada pela perspectiva de uma nova vida.

Aquele que persevera na tribulação chega a entender que, por ela, alcançou a condição de experimentar a vida que Jesus viu sempre mais desabrochar na sua Paixão, enquanto se aproximava a consumação da sua imolação. Na perfeição da sua caridade, Jesus vivia a alegria do Espírito Santo que se tornava sempre mais intensa, na medida em que se aproximava a sua glorificação. Podemos ter uma ideia dessa alegria quando vemos Jesus mostrar ser capaz de rezar pelos seus inimigos. Naquele momento, o seu amor aos irmãos é tão puro que torna possível nele a mais plena vida divina, a ponto de poder estar no Pai segundo a sua condição de homem.

Como nos ensina João na sua Primeira Carta, essa condição de perfeição de vida divina se reproduz em cada discípulo de Jesus quando, nele, o amor aos irmãos é tão perfeito que lança fora o temor (1Jo 4,18). A condição de poder pedir a Deus o que quisermos, porque, certamente ele no-lo concederá, é o sinal dessa perfeita caridade.

No momento em que Jesus anuncia essas condições, os Apóstolos estão longe de compreendê-las. De fato, João as lembra aqui, no seu evangelho, em virtude do Espírito que recebeu mais tarde. Seria ilusão pensar que os Apóstolos tenham compreendido os ensinamentos de Jesus naquela hora, tanto é verdade que, como lembrou naquele momento o seu Mestre, eles se dispersaram quando chegou para eles a provação.

Para vencer o mundo não basta ter alcançado o amor do Pai pela fé no Filho que enviou. Torna-se necessário perseverar na tribulação. Disso, porém, é capaz somente aquele que, tendo recebido do Senhor o fruto da Paz, na força do Espírito que ele mereceu, dá testemunho na perseverança.

Jesus, nessa perícope, expõe o seu ensinamento em linguagem proverbial. Propõe um enigma, falando em figuras, que ele mesmo explica. Dessa forma, a situação da sua prisão e da sua morte, às quais sucederá a sua volta aos seus, que voltarão a se alegrar, se torna figura da condição da sua Igreja que se entristecerá, num primeiro momento, porque perseguida pelo mundo, mas que se alegrará, depois. O reencontro com Jesus lhe trará grande alegria, porque conhecerá a sua glória por ter crido ser ele o Filho que veio ao mundo e que, terminada a sua tarefa, saiu do mundo e voltou ao Pai.

Perguntas para reflexão:

1ª) Como foi possível, para Jesus experimentar a “alegria no Espírito Santo” no momento da sua imolação?

2ª) Quando se repete essa condição no discípulo do Senhor?

3ª) Quais são os elementos do ensinamento de Jesus que, nesse caso, nos revelam que está falando em provérbios?

 Padre Fernando Capra

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM