Sínodos dos Bispos – Os desafios da Família

Neste mês de outubro acontecerá a 14ª Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, que durará três semanas (4 a 25 de outubro), com o tema “Os Desafios da Família no Contexto da Evangelização”. O trabalho desta assembleia é conduzido pelo documento preparatório Instrumentum Laboris, que salienta a necessidade de “comunicar a todos os homens a verdade do amor conjugal e da família, enfrentando os seus múltiplos desafios”.

 

A grande preocupação do Papa é que o Sínodo não fique debatendo apenas sobre ideias “bonitas” ou que centralize apenas alguns aspectos da moral cristã, mas que seja abrangente, que fale de todas as realidades da vida familiar, para que possamos descobrir novos caminhos para uma evangelização eficaz. Por isso o documento “será discutido um capítulo por semana”, afirmou o Papa a rádio portuguesa Renascença. Lembrando-se sempre que o anúncio da mensagem cristã sobre esse tema implica na luta por “condições para que cada família seja como Deus quer e venha a ser socialmente reconhecida na sua dignidade e missão”.

 

O documento está dividido em três partes: a primeira dedicada ao Evangelho da família, a segunda aborda os vários desafios e as situações difíceis da pastoral familiar e a terceira fala da abertura a vida e a responsabilidade educacional dos pais que caracteriza a vocação familiar.

 

A todo tempo é reafirmado o matrimônio como um sacramento indissolúvel, lembrando que a Igreja deve olhar as situações de sofrimento com misericórdia, bem como as situações de nulidade matrimonial. Ele nos lembra que a instituição familiar se encontra em crise, onde o ideal de família é entendido como uma meta inatingível e frustrante, e não como um caminho possível, onde podemos aprender a viver a própria vocação e missão. Das pessoas que se encontram em segunda união devido a ‘falência matrimonial’, nos é colocado que “a Igreja não deve assumir a atitude de juiz que condena, mas a de uma mãe que acolhe sempre os seus filhos e cuida das suas feridas em vista da cura”, com isso a Igreja é chamada a encontrar maneiras de apoiar esses casais em “percurso de reconciliação”.

 

O Instrumentum Laboris nos faz lembrar como é necessária uma atenção particular às mães ‘solteiras’ que cuidam de seus filhos sozinhas. Elas que com coragem acolhem “a vida concebida no seu ventre”, a comunidade cristã diante dessa situação deve “prestar-lhes uma solicitude que as leve a sentir a Igreja como uma verdadeira família dos filhos de Deus”. Com relação às uniões homossexuais, ele nos lembra das pessoas que se encontram nessa situação “devem ser acolhidos com respeito, compaixão e delicadeza. Deve evitar-se, para com eles, qualquer atitude de injusta discriminação”. Diante desses problemas a maior preocupação demostrada no documento está relacionada aos filhos, que devem ter uma atenção especial, pois são o fundamento do amor conjugal entre um homem e uma mulher.

 

A família encontra-se em um momento difícil, com realidades, histórias e sofrimentos complexos, que nos exige um olhar compassivo e compreensivo. É nela que aprendemos o que é bem comum, pois fazemos a experiência de vida em comum. Sem essa base o ser humano “não pode sair do seu individualismo, pois só nela se aprende a força do amor para apoiar a vida (…) é lugar privilegiado no qual se aprende a construir relações significativas, que ajudem o desenvolvimento da pessoa até à capacidade da doação de si”.

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais