Profissão de Fé – A Igreja é a presença de Deus na humanidade, pelo qual a devemos amar

Origem, fundação e missão da Igreja

Um projeto nascido no coração do Pai

 

A Igreja encontra origem e consumação no desígnio eterno de Deus, que em sua sabedoria e bondade, elevou os homens à comunhão da vida divina, chamados a formarem a santa Igreja.

A Igreja – prefigurada desde a origem do mundo

Os cristãos dos primeiros tempos diziam que “o mundo foi criado em vista da Igreja”. Era desejo de Deus que os homens fossem elevados à comunhão da vida divina então Ele os cria e os chama e desta convocação temos a Igreja.

A Igreja – preparada na Antiga Aliança

Após o pecado, a convocação para reunir o povo de Deus é descrita na vocação de Abraão que “será o pai de um grande povo” (Gn 12,2; 15,5-6) Seria então o povo de Israel sinal da reunião futura de todas as nações. Mas ele rompe esta aliança como acusam os vários profetas. Anunciam então uma nova e eterna Aliança.

A Igreja – instituída por Cristo Jesus

Cabe ao Filho realizar no devido tempo, o plano de salvação de seu Pai. Obedecendo à vontade do Pai, Ele inaugura o Reino dos Céus na terra, que vai se manifestar com a sua palavra, suas obras e sua presença. A Igreja “é o Reino de Deus já misteriosamente presente”. (LG 3)

Nessa comunidade que se reúne ao seu redor, Ele escolhe doze, sendo Pedro seu chefe os faz serem pedras de fundação da nova Jerusalém, formando uma estrutura que permanecerá até a plena consumação do Reino. Mas é, sobretudo, realizado mediante a sua morte redentora e a sua ressurreição. Diz-nos a LG 3 “O começo e o crescimento da Igreja são significados pelo sangue e pela água que saíram do lado aberto de Jesus crucificado”. E Santo Ambrósio nos diz: “da mesma forma que Eva foi formada do lado de Adão adormecido, assim a Igreja nasceu do coração traspassado de Cristo morto na cruz”.

A Igreja – manifestada pelo Espírito Santo

É da própria natureza da Igreja ser missionária, ela foi enviada por Cristo a todos aos povos para fazer deles discípulos (Mt 28,19-20). “Terminada a obra que o Pai havia confiado ao Filho para realizar na terra, ambos enviam o Espírito Santo no dia de Pentecostes para garantir a santificação da Igreja permanentemente (LG 4). Para realizar sua missão, o Espírito Santo “dota e dirige a Igreja mediante os diversos dons hierárquicos e carismáticos” (LG 4).

A Igreja – consumada na glória

“A Igreja só terá sua consumação na glória celeste” (LG 48) como assembleia de todos os resgatados da terra (Ap 14,4) quando do retorno glorioso de Cristo. Na caminhada da Igreja ela passou e passa por perseguições do mundo, aqui na terra sabe que está em exílio longe do Senhor (Cf. 1 Cor 5,6; LG 6).

O mistério da Igreja

A Igreja – ao mesmo tempo visível e espiritual

A Igreja é mistério porque na sua realidade visível está presente e operante uma realidade espiritual, divina, somente a fé pode acolher este mistério. A Igreja é mais do que uma instituição, ela é um mistério ao mesmo tempo humano e divino.

A LG 8 nos diz: A Igreja é ao mesmo tempo:

“sociedade provida de órgãos hierárquicos e Corpo Místico de Cristo;

assembleia visível e comunidade espiritual;

Igreja terrestre e Igreja enriquecida de bens celestes.”

 

A Igreja – mistério da união dos homens com Deus

“…Vista de fora, a Igreja é uma mera instituição ou organização, com feitos históricos, mas também com erros e crimes – uma Igreja de pecadores. Isso, porém é uma apreciação superficial. Porque Cristo deu-Se de tal forma a nós, pecadores, que Ele nunca abandona a Igreja, mesmo que O traíssemos diariamente. A inquebrável ligação entre o humano e o divino, o pecado e a graça, é o mistério da Igreja. Vista como os olhos da fé, A Igreja é indestrutivelmente santa” (Youcat 124).

A santidade é medida segundo o “grande mistério”, em que a Esposa responde como o dom do amor ao dom do Esposo. (MD 27- Mulieris dignitatem)

Maria nos precede a todos na santidade que é o mistério da Igreja como “a Esposa sem mancha nem ruga” (Cf. Ef 5,27). Por isso, “a dimensão marial da Igreja antecede sua dimensão petrina”. (MD 27)

A Igreja – sacramento universal de salvação

A Igreja é sinal e instrumento da reconciliação e da comunhão de toda a humanidade com Deus e da unidade de todo o gênero humano. O primeiro objetivo da Igreja é ser sacramento da união íntima dos homens com Deus, ela é instrumento de Redenção de todos os homens e sacramento universal de salvação.

Os sete sacramentos são os sinais e os instrumentos pelos quais o Espírito Santo difunde a graça de Cristo, que é a Cabeça, na Igreja, que é seu Corpo. A Igreja contem e comunica a graça invisível que ela significa.

A Igreja quer que o “gênero humano inteiro constitua o único povo de Deus, se congregue no único Corpo de Cristo, seja construído no único Templo do Espírito Santo” (AG 7 Ad gentes)

 

Jane do Térsio

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais