Loretando – Julho 2016

A Crise

 

Não vivemos tempos muito tranquilos, o país passa por um momento de extrema delicadeza, de uma forma estranha fomos divididos entre quem é e quem não é tipo: quem votou em fulano é quem não votou em fulano não é, e com isso vamos atravessando rios de águas turvas e turbulentas que chamamos vulgarmente de crise. Nada anda, nada funciona em função da crise. Tudo está em crise; saúde, educação, economia e principalmente a política, e nós, o que temos a ver com isso? E o kiko? Qual a parte que nos cabe neste latifúndio? Que parte da crise te afeta? Será que afeta a ponto de te paralisar? Pois é, acho que às vezes a intenção é esta, paralisar tudo e assim justificar os erros e defeitos, tudo por causa da crise. Isso nos leva a uma situação estranha, quem é pobre miserável recebe a benesses do governo, quem é rico não precisa disso e quem está no meio é quem paga a conta, é quem fica na confusão. É para essas pessoas que são dirigidas todas as cargas de pressão, pois se tornaram o fiel da balança. Se você desistir é mais um ponto para quem planta e semeia a crise e ganha muito com ela. Tem muita gente deixando-se afundar, pois foi convencido de que a crise é muito grande e por isso vamos ao caos. Faz-me lembrar de um texto muito antigo e que hoje se torna atual por representar exatamente a situação do país hoje, onde todos estão querendo ganhar com a crise.

“Havia num lugarejo que ficava na beira de uma autoestrada um pequeno comercio que o carro chefe das vendas era o cachorro quente, para isso o dono da loja ia todos os dias para a beira da autoestrada, segurava uma grande placa e anunciava seu produto”. As vendas prosperaram, com isso aumentou o consumo de pão, salsicha, condimentos e legumes para o molho. A padaria foi ampliada, novos funcionários foram contratados, a fábrica de salsicha dobrou seu turno e contratou funcionários para atender a demanda, o mercadinho cresceu e virou um porte forte e contratou novos funcionários para atender seus clientes. O lugarejo tornou-se um próspero município. O comerciante continuava a anunciar e vender seus cachorros quentes casou-se e teve um filho. Ele cresceu na cidade, estudou na creche escola que foi ampliada para atender as crianças maiores e virou também colégio fundamental e de ensino médio. O menino terminou seus estudos ali e foi para a universidade na capital, depois de longos anos de estudos e estágios, com seu pai bancando tudo: mensalidade, aluguel e estadias, ele se formou. Antes de assumir um cargo em uma grande empresa resolveu ir a sua cidade natal para visitar seus pais, La chegando deparou-se com seu pai ainda na beira da estrada apregoando seus produtos, em sua casa a fartura tomava conta de tudo e todos. A cidade vivia seus melhores dias, ruas movimentadas e consumo em alta. O rapaz observando tudo isso chamou seu pai a um canto e lhe disse: pai, tu não sabes que há uma crise mundial afetando países, cidades e municípios? Como podes diante de tamanha crise continuar a gastar comprando insumos, pagando tributos empresariais e mantendo benefícios aos funcionários? Há uma crise mundial, vivemos tempos apertados, o pior está por vir, não se pode mais administrar empresas desta forma, a crise vai nos pegar, precisamos estar preparados. Sendo assim, acreditando que seu filho formado numa grande universidade estivesse capacitado para ter esse tipo de conhecimento, retirou a placa da autoestrada, parou de apregoar seus produtos, cancelou seus pedidos na padaria, horti fruti e na fábrica de salsicha, deixando apenas o mínimo. Demitiu funcionários, cortou benefícios e fechou a filial. A padaria teve que fazer o mesmo, a fábrica de salsicha transferiu-se para outra cidade e todo o comercio foi diminuindo suas atividades ou fechando as portas. Em pouco tempo o próspero município voltou a ser um pequeno lugarejo, ruas vazias e nenhuma prosperidade. “Certo dia o velho comerciante, sentado no banco da velha praça, junto com outros amigos de labuta, olhou para aquela desolação e concluiu; meu filho estava certo, existe uma grande crise mundial afetando países, cidades e municípios.”

Meus amigos, não permitam que aqueles que distribuem dificuldades para depois vender facilidades, tome conta do nosso espaço. Hoje as TV´s, toda a mídia e as redes sociais na internet fazem um grande comercio sobre a grande crise que assola o mundo. Crise na indústria, na economia, na educação e principalmente na política. Crise na igreja, no casamento e na família. Todos querem ganhar com as soluções. Fiquemos atentos aos que nos rodeiam impondo um clima de pânico e insegurança. Cristo é e sempre será o Caminho, a Verdade e a Vida, não nos deixemos levar por falsas alternativas, não permita que o desanimo tome conta do seu coração, continue a apregoar em alto e bom tom o seu valor, pois Ele, o Cristo, permite e te quer feliz. Toda e qualquer crise será superada com suas orações. Somente creia. Até breve.

P.S. Não há crise que nos tire dos caminhos do Senhor.

P.S. do P.S. Não há Deus maior, não há Deus melhor.

Paulo Sobrinho

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais