Loretando – Abril 2019

 

Otimismo

 

Ser ou não ser otimista, eis a questão. Vejam essa historinha:

 

“Dois irmão, um otimista e o outro pessimista, ganharam um presente numa caixa. O pessimista abriu a sua caixa primeiro; era a chave de um carro 0 Km. Ele pegou a chave e logo foi dizendo:
-Droga! Ganhei um carro novo e agora terei que fazer seguro, as taxas são mais caras e todos vão ficar de olho em mim. Droga! Arrumei mais uma preocupação na minha droga de vida.
O irmão otimista rapidamente também tratou de abrir sua caixa. Nela continha um saco com esterco de cavalo e ele imediatamente saltou e gritou.

-Ganhei um cavalo! Ganhei um cavalo! Ele está por aí, escondido!”

Ou seja, tudo é bom ou ruim dependendo dos olhos de quem vê. E você, é pessimista ou otimista?

Pegue um papel e lápis. Você tem um minuto para escrever, de um lado as coisas que você gosta, do outro, as que você não gosta. Esse não é nenhum teste de revista juvenil ou um daquele e-mail´s chatos do tipo “faça isso e depois distribua cópias para tantas pessoas, senão…” Muito menos vamos detectar se você é assim ou assado, mas, convenhamos, se a lista maior que aparece na sua frente é aquela do “não gosto”, aconselho que você reveja seus conceitos.

Tem gente que não gosta mais do que gosta. Pra tudo tem um “não ” na frente. Outro dia estava num baile aqui no Loreto e um amigo me puxou pelo braço e gritou no meu ouvido.

-Seria melhor se fosse outro conjunto, esse não é muito bom.

Isso a festa corria fervendo, a pista cheia, todos se divertindo. Rodei o salão e esbarrei novamente com esse amigo, que novamente me puxou pelo braço e novamente gritou no meu ouvido. Agora era para dizer que o churrasquinho estava duro e frio. Rapidamente me desvencilhei e emburaquei para dentro da pista. Mas, como todo castigo pra pecador é pouco, no finalzinho meu amigo novamente me encontrou.

-O baile foi bom, mas não vi aqui muitos casais do ECC, tinha mais gente de fora, é sinal de que os paroquianos não colaboram.

Como o som estava alto, balancei a cabeça, fingi entender e tomei meu rumo.

É tão comum encontrarmos com a turma do “nunca está bom”, que às vezes não nos damos conta de que também estamos sendo pessimistas. Quando ouvimos um cara desses falar, corremos o risco de absorvermos toda essa carga negativa. Outro dia numa missa, um padre, grande amigo nosso e que possivelmente não estava num bom dia, leu o evangelho e na homilia teceu comentários extremamente negativistas. Invés de exaltar as palavras maravilhosas de Jesus como construção de vida, resolveu enveredar pelos caminhos incertos do ser humano com relação àquela passagem. Eu sei que tenho defeitos, mas é horrível ouvi-los ecoando no Loretão. Nem as músicas gostosas da banda me fizeram alegrar novamente.

Tem gente que acredita na morte de Jesus, que Ele apanhou muito no calvário, que sofreu humilhações, que seu sangue foi derramado em vão, que nós não damos o devido valor a esse sacrifício. E existem pessoas que apenas e tão somente acredita que Cristo ressuscitou e venceu a morte por amor, aleluia. Isso lhe basta: saber que Cristo ressuscitou e habita entre nós para sempre. São olhos diferentes olhando uma mesma passagem e tendo visões diferentes.

Conheço pessoas que não gostam de nada. Para cada dez coisas, conseguem não gostar de onze. Tem sempre um senão sobre esse ou aquele assunto. É como ser servido numa refeição, com um prato que você não gosta, basta dizer: “não, obrigado.” Mas tem aquele que além de dizer não, faz um relatório do porque deste “não” e acaba até convencendo a quem está do lado a não comer também.

Toda nossa vida é feita de coisas boas, pois até aquelas que não são muito legais, pode, no futuro, servir como referência para outras melhores, tudo vai depender do seu ponto de vista.
Agora pegue esta lista que você fez, amasse-a muito bem e jogue-a no lixo, esqueça-se rapidamente que você gosta ou não gosta disso ou daquilo, apenas viva, apenas ame, apenas sorria, apenas queira bem a todos os que te rodeiam, não crie regras para a sua felicidade. Não meça esforços para ser feliz e deixar os outros felizes. Não perca tempo assim como eu perdi agora, exemplificando as coisas que não são boas, agarre-se nas positivas palavras de Jesus e deixe rolar.

Não busque nas pessoas, pontos que te incomodam, olhe para elas com mais amor que você poderá conhecer uma nova pessoa, não nela, mas em você.

“Você fica tão bonita sorrindo. Você fica tão bonita amando, Você é muito bonita que qualquer jeito, porque te amo, porque você é a razão da minha vida, porque nos teus olhos vejo refletida a minha felicidade, porque te ver feliz é a prova concreta da presença de Cristo em nossas vidas.”

Já imaginou você dizendo isso para alguém? E já imaginou a cara de felicidade daquela ou daquele que ouvir esta declaração? É assim a vida, quanto mais você faz uma pessoa feliz, mais você fica feliz também. Descubra o valor das palavras bonitas e saborosas e não permitam que as palavras negativas ocupe espaço em seu vocabulário, essas devem ser como um palavrão; não deve ser dito, mas às vezes escapole um ou outro, é uma exceção que não deve virar regra. Perceba ao seu lado quantas pessoas dependem do seu bom dia. Vamos fazer uma grande corrente de otimismo, vamos mudar nossas vidas diariamente orando, pois a oração é a forma mais positiva de chegar a Deus, mas, por favor, me livre dessas orações chorosas e melancólicas, ore para cima. Faça como o “Filho Pródigo”, ele poderia derramar um rio de lágrimas e lamúrias, mas, no entanto disse apenas: “… pequei contra ti e contra Deus, não sou digno de ser chamado de seu filho, receba-me com um de seus empregados…” Arrebentou. Agora se mexa, levante-se e vá fazer alguém feliz contagiando-a com a sua felicidade, Ser feliz e positivo deve ser um exercício constante em nossas vidas, a prática vem com o tempo.

 

P.S. Este recado vai para aqueles que dizem “não” a uma idéia mesmo antes de ouvi-la totalmente.

P.S. de P.S. E principalmente aos “mensageiros do apocalipse” que prevêem o fim do mundo sempre que alguém tenta fazer algo novo na paróquia.

 

Paulo Sobrinho e Solange

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM