Fé e Política – “O legado das Campanhas da Fraternidade”

Há alguns anos, faço palestras sobre o legado da Campanha da Fraternidade. Este ano não está sendo diferente e já ministrei, no Dia 1º de fevereiro, na catedral Metropolitana, uma palestra no anúncio oficial da Campanha da Fraternidade de 2014.

Fiz o mesmo no Vicariato de Jacarepaguá, no Vicariato Sul, no Vicariato Suburbano e, mais recentemente no último dia 18 de março, em nossa paróquia. Em todas elas, eu falei sempre com o objetivo de aprofundar esse tema e despertar o povo de Deus a agir na transformação da realidade social perversa que ainda vivemos em nosso país.

Fraternidade e tráfico humano é o tema da campanha desse ano. Exploração sexual, trabalho escravo e o tráfico de órgãos são algumas das características dessa ignóbil prática do tráfico humano que, infelizmente, ainda ocorre em nosso país.

Tenho abordado também que a nossa CNBB vai identificar as práticas de tráfico humano em suas várias formas e denunciá-lo como violação da dignidade e da liberdade, mobilizando a sociedade brasileira para erradicar esse mal que atinge, segundo estimativas de órgãos do governo e da própria CNBB, cerca de 200 mil pessoas no Brasil.

A Campanha da Fraternidade 2014 tem como lema a expressão de São Paulo: É para a liberdade que Cristo nos libertou!

Nas minhas palestras, quando abordo o histórico e os legados da campanhas da Fraternidade. Afinal, por que o cristão tem que se importar com a fraternidade? Responder a esta pergunta se tornou um dos objetivos da minha vida e, sempre que posso, faço esse mesmo questionamento a meus irmãos e irmãs de fé.

Afinal, por que o cristão se importa com a fraternidade? Em primeiro lugar, porque precisamos da fraternidade entre os povos e entre as pessoas, principalmente porque vivemos em um mundo injusto. Depois, cito a parábola do bom samaritano: “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de toda a tua força e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo”. Com certeza, esta é a razão fundamental da fraternidade: amar ao próximo como a ti mesmo.

Mas quem é o nosso “próximo”? A resposta está no Evangelho de São Mateus, quando Jesus diz: “quantas vezes deixastes de fazer o bem a um destes mais pequeninos, a mim o deixastes de fazer”. São os mais pequeninos, os mais pobres, que necessitam de nossa fraternidade de forma prioritária. Cristo nasceu, viveu e morreu pobre. E esse exemplo fica para todos nós: viver para e com os pobres.

Em meu novo livro, “O alfabeto da cidadania”, utilizo a expressão “Amor atitude”, que é quando escolhemos amar ao próximo, sem maiores amarras ou justificativas. Este tipo de amor é definido em São Paulo, onde aprendemos que o “amor é bondoso e paciente, tudo perdoa e tudo crê”. E acrescenta: “O amor não se alegra com a injustiça, mas se rejubila com a verdade”. Isso nos leva a crer que o amor é fruto de nossas escolhas, de nossas atitudes. Daí a importância de não sermos cristãos de vitrine, como bem lembrou o Papa Francisco, em um alerta para que o católico não abandone a atuação política.

Para mim, a fé sem política é morta. A fé sem a ação pastoral e social é morta, conforme está na letra de São Tiago. E aí é que entra a nossa Campanha da Fraternidade, que é, antes de tudo, uma forma de o católico se expressar politicamente. Aliás, vamos lembrar que o termo “política” vem do grego “polis”, que significa “cidade”. Assim, atuar politicamente também quer dizer agir em prol do bem comum, em prol da nossa comunidade. Agir, em resumo, em favor de nossa cidade – exercer a nossa cidadania.

Claro que a visão que as pessoas têm da política é muito ruim, por causa dos exemplos dos maus políticos. Mas não devemos generalizar e, consequentemente, deixar de atuar em nossas comunidades. Na verdade, ao abandonarmos a política, damos espaço exatamente aos maus políticos.

Por fim, quero destacar que na quarta-feira de cinzas, o Papa Francisco enviou uma mensagem aos brasileiros sobre o início da Campanha da Fraternidade de 2014. Em sua mensagem, o Santo Padre denunciou a praga social da venda de seres humanos, dizendo: “Ninguém pode ficar indiferente quando toma conhecimento que seres humanos são comprados e vendidos como mercadorias”, disse o Sumo Pontífice, na mensagem aos fiéis brasileiros.

Por fim, vamos sempre lembrar o que o Papa Francisco vem alertando a todos nós, católicos: que não devemos ser cristãos de vitrine. O Santo Padre alertou para atuarmos pelo bem comum junto às nossas paróquias e mesmo na política; ele vem pedindo que atuemos em prol do coletivo, em prol dos mais pobres e necessitados, pois só assim conseguiremos criar o Reino de Deus aqui na terra.

Um grande abraço e Paz e Bem a todos e todas.

Robson Leite é professor, escritor, funcionário concursado da Petrobras e foi Deputado Estadual de 2011 a Janeiro de 2014. É paroquiano da Igreja da Nossa Senhora do Loreto há mais de 30 anos , tendo sido fundador e coordenador do Grupo de Fé e Política. Foi coordenador da Pastoral de Crisma e da Pastoral da Juventude. Atualmente integra o Encontro de Casais com Cristo (ECC) e participa da coordenação dos Círculos Bíblicos do Vicariato de Jacarepaguá.

www.robsonleite.com.br
www.facebook.com.br/robsonleiteprofessor

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM