Fé e Política – Nov2018

 

“O amor servidor de Cristo na política…”

*Robson Leite

 

Em fevereiro desse ano, durante um curso que eu ministrei sobre liderança para uma pastoral de nossa comunidade, eu abordei, entre outros tópicos, a prática de Jesus que propõe o “poder-serviço” no lugar do “poder-dominação”. Disse, naquela oportunidade, que Jesus nos demonstra, através da sua atitude citada no Evangelho, que o verdadeiro líder não veio para ser servido e sim para servir. No final da aula, um senhor veio conversar comigo a respeito desse ponto. Ele me disse que nunca conheceu um líder, principalmente no meio político, que se preocupasse mais em servir do que em ser servido. Em função dessa maravilhosa conversa que muito me marcou, eu decidi aprofundar esse importante ponto na coluna deste mês.

Na passagem do Evangelho de São Mateus (Mt 20, 26-28), Jesus nos diz que quem quiser ser o maior que seja o último, ou melhor, que seja aquele que serve. Jesus nos deixa, inclusive, o seu próprio exemplo como modelo a ser seguido, ao dizer que o filho do homem não veio para ser servido e sim para servir. Essa passagem do Evangelho contém um dos mais belos ensinamentos de Jesus Cristo durante a sua vida pública. Ela mostra que, ao contrário do que vemos hoje, o líder precisa demonstrar em suas atitudes as características do serviço. E servir é se colocar à disposição daqueles que precisam da nossa liderança. Ao fazermos um paralelo com o que vemos hoje em dia, não somente na política, mas também em nosso trabalho, faculdade, casa e família; perceberemos que os mais belos conceitos de liderança são confundidos e, infelizmente, invertidos. Dominação, exploração e preocupação com vantagens pessoais acabam sendo muito mais lembradas durante uma liderança do que os ensinamentos do Cristo. Faço questão de trazer um excelente exemplo para ilustrar melhor essa nossa reflexão: Gostaria que você, amigo leitor, fizesse neste momento um rápido exercício e trouxesse em sua mente a lembrança de alguma pessoa que o liderou (pode ser um chefe, gerente, diretor, pai, mãe, irmão mais velho e etc) e que tenha deixado a impressão de realmente se preocupar contigo e com as suas necessidades. Alguém em que você dissesse: “Por esta pessoa, eu atravessaria uma parede se necessário fosse ou se ela me pedisse”. Pensou em alguém? Agora pense nas características e influências que essa pessoa trouxe em sua vida.  Suas atitudes, provavelmente, estarão bem próximas dos conceitos de humildade, bondade, confiança, honestidade, compromisso, respeito, entusiasmo e incentivo do que aquelas que lembram o poder-dominação ou o poder pautado no autoritarismo. Vale lembrar que se alguém, por acaso, pensou na mãe, essa mãe com absoluta certeza jamais precisou dizer: “Filho, leve o lixo para fora senão eu baterei em você”. Bastava um pedido, e em alguns casos, um olhar, para que entendêssemos qual deveria ser o nosso papel a ser feito sob a influência deste verdadeiro líder. Essa liderança é, sem sombra de dúvidas, muito mais próxima da Autoridade intimamente ligada ao serviço do que aquele poder ligado na dominação e na coação.

Todas essas características do poder-serviço servem de guia e modelo para os nossos líderes, não somente em casa, mas também na faculdade, na Igreja, no trabalho e principalmente na política. Se dedicar a política é, sem sombra de dúvidas, entender claramente o que Jesus nos ensina nesta passagem. Ao se entregar a um trabalho como este, o líder político precisa entender que o seu mandato é fonte de serviço ao próximo e ao interesse coletivo. Por esta razão é que práticas que privilegiem o interesse pessoal, como o Nepotismo (nomeação de parentes para cargos comissionados), lobbys que escondem interesses financeiros e pessoais e outros interesses particulares devem ser sempre excluídas da prática do bom político. O verdadeiro político-servidor deve estar disposto a sacrificar o seu próprio mandato, se preciso for, para que o bem-comum seja privilegiado. Atitudes voltadas para o “marketing político” e para a imprensa nem sempre são as que verdadeiramente privilegiam o próximo ou o bem-comum.

Somente assim, é que poderemos ter líderes políticos que se aproximem verdadeiramente dos ensinamentos e valores contidos nos Evangelhos de Jesus Cristo.

 

Robson Leite é professor, escritor, membro da nossa paróquia, Ex-Superintendente Regional do Ministério do Trabalho e Emprego no RJ e foi Deputado Estadual de 2011 a Janeiro de 2014.

Site: www.robsonleite.com.br

Página do Facebook: www.facebook.com.br/robsonleiteprofessor

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM