Fé e Política – “Farinha pouca, meu pirão primeiro?”

* Robson Leite

 

Engraçado, mas como a dimensão muda quando personificamos e identificamos as pessoas envolvidas nos contextos da violência e nos verdadeiros problemas sociais de uma cidade. Porém, infelizmente, a grande mídia não aborda dessa forma, pois ela está a serviço de outros interesses. Ela é tão perversa que chega ao ponto de fazer com que você acredite que 450 kg de cocaína encontrado em um helicóptero não é nada e, pior ainda, que o seu verdadeiro inimigo é o jovem pobre e negro morador de uma favela no Rio…Encerro recorrendo a um texto do Profeta Isaías que disse, sete séculos antes de Cristo, “que não há paz sem justiça”. Bom, se queremos paz – e como precisamos de paz – é fundamental, antes de tudo, construir uma estrutura de justiça, sobretudo nas oportunidades promovidas pelo Estado aos nossos jovens… Boa semana a tod@s…

Quando abordo a questão da ética em minhas aulas e palestras, observo que as pessoas sempre esperam que o assunto seja simplesmente sobre os políticos. Entretanto, apesar da enorme crise ética em que a nossa política está mergulhada, existem outros aspectos ligados a esse tema e que merecem a nossa atenção.

Ao analisarmos a constituição da sociedade brasileira, percebemos claramente que existem dois papéis distintos e com igual responsabilidade na sua construção: o mandatário (aquele que possui um mandato político, por exemplo: Deputado, Vereador, Prefeito e etc) e o eleitor. O primeiro precisa, antes de qualquer coisa, entender que o seu papel é a busca constante do bem comum. E sob esta visão, faz-se necessário lembrar que o bem estar do coletivo deve ter total prioridade ao interesse pessoal e individual. É inadmissível, sob o ponto de vista ético-cristão, práticas como o Nepotismo (ou seja, nomeações de parentes para cargos de confiança); as trocas de votos no parlamento por dinheiro e aprovações de orçamentos e obras para interesses particulares dos mandatários ou de seus “amigos”. Atitudes como essas demonstram que o real interesse desses não é o público e sim o privado. E isso precisa, mais do que nunca, ser repudiado por todos os cidadãos de bem.

O segundo, ou seja, o eleitor tem uma grande responsabilidade na edificação desta sociedade. Ela é maior, inclusive, que a do próprio mandatário. É ele, e não o mandatário, o grande Político que a nossa sociedade tanto precisa.

Sei que alguns podem estar estranhando ao ver que chamo o cidadão comum de político. Entretanto, se analisarmos o significado dessa palavra, descobriremos que a sua origem é do grego “Polis”, que quer dizer, “Cidade”. Logo, político nada mais é do que o “cidadão que vive ativamente na cidade, respeitando os direitos e deveres nela existentes”. Assim sendo, o cidadão que exerce plenamente a sua cidadania tem a obrigação de pautar as suas atitudes na promoção do bem comum. Dentro desta lógica, torna-se inaceitável que o cidadão troque o seu voto por favores pessoais, por promessas individuais de empregos em gabinetes, por um saco de cimento ou até pela luz ou pintura do seu condomínio particular. A nossa conduta tem que ser pautada no interesse do coletivo. E para isso, faz-se necessária a compreensão de outro papel do Cristão, até mais importante do que votar conscientemente: o de acompanhar e fiscalizar o mandatário, sobretudo o do poder Legislativo. Somos nós que precisamos fiscalizar, através de conselhos municipais, associações de moradores, da sociedade civil organizada e até da nossa iniciativa particular, o desempenho dos nossos mandatários. Sem essa participação da nossa sociedade, os maus políticos continuarão atuando livremente em nossos parlamentos. Quer um ótimo exemplo? A nossa conta de luz. Ela anda muito alta não apenas pela “bandeira vermelha” em decorrência das secas na região sudeste que tornam mais cara a geração de energia. Há uma cobrança a mais para quem mora no Rio: a taxa de iluminação pública criada em nossa cidade no ano de 2009 e aprovada na Câmara de Vereadores. Quais Vereadores votaram a favor da criação desse aumento significativo na nossa conta de luz? Certamente se estivéssemos divulgando e fiscalizando a atuação dos nossos parlamentares cariocas isso não teria acontecido.

A essa fiscalização e atuação cidadã é que damos o nome de “Cidadania Ativa”. E ela pode ser perfeitamente resumida com uma única palavra: participação. Com esse envolvimento de todos, certamente poderemos, um dia, mudar o ditado popular que encabeça o nosso artigo deste mês para: “Farinha pouca, pouco pirão para todos”. Desta forma, ele estará mais próximo do Evangelho de Cristo e da construção do Seu Reino de Amor e Justiça.

 

Vale muito a pena a sua leitura na íntegra… Leitura e reflexão da necessidade de irmos ao encontro do centro do Evangelho. De voltarmos as nossas atitudes para a construção da sociedade do bem viver e buscarmos, acima de tudo, a atitude da partilha e da solidariedade.

Segue o discurso na íntegra: http://www.robsonleite.com.br/discurso-do-papa-aos-movimen…/

Acompanhe a nossa luta curtindo a nossa página no facebook em http://www.facebook.com.br/robsonleiteprofessor

E vamos juntos construir um novo amanhã na política.

(*) Robson Leite é professor, escritor, membro da nossa paróquia, funcionário concursado da Petrobras e foi Deputado Estadual de 2011 a Janeiro de 2014.

Site: www.robsonleite.com.br

Página do Facebook: www.facebook.com.br/robsonleiteprofessor

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM