Falando Francamente 2

A DIFICIL ARTE DE COORDENAR

 

Queridos irmãos leitores, antes de enfocar o título acima, com muita alegria comento palavras da nossa comunidade, no que se refere à transformação do nosso O MENSAGEIRO, antes um jornal tipo tablóide, hoje uma revista com excelente apresentação, tendo a foto dos articulistas sem retoque, claro que   uns ficaram mais bonitos do que os outros, como no caso do nosso ilustre deputado paroquiano Robson Leite, com sua jovialidade em potencial e sua pinta de galã de novela. Vários leitores nos procuraram, dizendo que, agora sim, dá gosto ler O MENSAGEIRO. Claro que discordamos desta opinião, pois foi modernizada a apresentação, mas o conteúdo é o mesmo. Parabéns à comissão responsável pelas modificações do nosso jornal. Deus queira que aumente a quantidade de leitores e que não haja encalhe dos exemplares. Mas, vamos ao que interessa. Sabemos que os trabalhos da nossa Igreja no âmbito das pastorais e dos movimentos tais como ECC, EAC EJC, entre outros, funcionam graças ao trabalho de seus coordenadores, casais ou não. Desde 1987, quando participamos do 15º ECC, convivemos com inúmeros coordenadores, com eles aprendemos que coordenar não é gerenciar nem chefiar. O próprio nome já diz COORDENAR, ou seja: ordenar com alguem ou alguns. É o caso do co-piloto, co-celebrante da santa Missa, e por aí   vai. Graças a Deus, tivemos sempre excelentes coordenadores, inclusive quando coordenamos a pastoral familiar do Vicariato Suburbano, com seus coordenadores regionais e paroquiais. O trabalho do coordenador e/ou coordenadora nos trabalhos da Igreja deve ser pautado com disciplina, respeito aos coordenados, simplicidade e espiritualidade, Nada deve ser exigido e sim solicitado, nas reuniões, expressões como EU QUERO, EU EXIJO, NÃO QUERO, NÃO ADMITO etc… devem ser substituídas no modo condicional: EU GOSTARIA, EU PEDIRIA. Ora não podemos nem devemos adotar na Igreja, os mesmos procedimentos adotados com nossos subordinados nos ambientes de trabalho. Na Igreja temos o recurso da CORREÇÃO FRATERNA, enquanto lá fora acontece a ADVERTÊNCIA e/ou   PUNIÇÃO. Recordamos um fato marcante, ocorrido na Pastoral da Ação Social, com um irmão, que graças a Deus está conosco e sua esposa é MECE. Logo que participaram do ECC, ele resolveu ser agente da referida pastoral, onde existe muito trabalho braçal, principalmente quando realizam o almoço mensal. Pois bem, o coordenador dirigiu-se a este irmão dizendo: “Negão, vá lá embaixo e traga pra cá aquelas caixas de refrigerantes, rápido  !” Ora, nosso irmão novato, se espantou, pensou duas vezes para não responder mal e cumpriu a ordem. Claro que saiu da pastoral e felizmente não saiu da Igreja. Lamentavelmente, atitudes como estas não devem existir. Afinal, tudo na Igreja é doação, inclusive o trabalho voluntário dos agentes de pastoral. É necessário que o coordenador dê os melhores exemplos de assiduidade e pontualidade, que saiba ouvir seus coordenados, que podem ter excelentes sugestões que visam a melhoria e o aprimoramento dos trabalhos. O coordenador é o representante do pároco. E como tal, deve agir com paciência e carinho sem autoritarismo e prepotência. Nas reuniões, é indispensável que haja a escuta da palavra e as respectivas orações. Todos devem falar e serem ouvidos com atenção. Em suma, é preciso saber exercer a DIFICIL ARTE DE COODENAR .

Louvores e Glórias a Deus

Zamoura (Da Diva) 15º E.C.C

zamouraediva@oi.com.br

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM