Espaço Teológico – Junho 2016

Devoção Mariana, sim! Mas, com cuidado

 

Nesse mês celebraremos a devoção mariana ao Imaculado Coração de Maria. Essa devoção ganha força com as aparições de Maria, em Fátima, e com as revelações feitas a Beata Alexandrina de Balasar. Em 1935, em uma das revelações de Jesus a Alexandrina Ele diz que, da mesma forma que pediu a Santa Margarida que o mundo fosse consagrado ao seu Divino Coração, pede que o mundo seja consagrado também ao coração de sua Mãe. A partir de 1942 essa devoção recebe uma data em nosso calendário litúrgico.

Diante disso quero convidá-los a refletir sobre o devocionismo.

As práticas devocionistas são boas, pois nos direciona a viver em sintonia com Deus e a seguir Jesus intensamente. O grande problema são os exageros que fazem mal. Podemos comparar a um remédio tomado de maneira incorreta que pode prejudicar ao invés de curar. Isso se dá quando não fazemos as coisas com critérios e limites, pois nos leva a correr o sério risco de cair no extremismo. O Extremismo pode nos conduzir a intolerância e a miopia espiritual, ou seja, as pessoas começam a condenar quem não pensa como elas.

Aqui encontramos o problema. O devocionismo extremista nos traz terríveis desvios. Maria lentamente vai se tornando mais importante do que Jesus. Esse tipo de atitude faz surgir títulos atribuídos a Maria que não são dela, como por exemplo, algumas pessoas afirmam que ela é Mãe da Santíssima Trindade. Maria é mãe do Filho de Deus, e por isso a chamamos de Mãe de Deus. A Igreja nunca disse que ela é mãe do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Podemos dizer que ela é filha, mãe e esposa da Trindade. É filha do Pai, mãe do Filho de Deus encarnado e esposa do Espírito Santo. Por conta desse tipo de confusão, que a Igreja nos pede que evitemos “… palavras e atitudes, tudo o que possa induzir em erro acerca da autêntica doutrina da Igreja”. (Lumen Gentium, n.67)

Ela merece todo respeito e sua devoção é legítima, mas não pode extrapolar o bom senso.  Maria não é igual a Jesus e ela sabe o lugar dela. Ninguém esteve mais intimamente ligado ao Filho de Deus quanto ela, mas ela sabia o seu limite. Ela é serva, por excelência, do Senhor, mesmo sendo mãe do Filho de Deus.  Guarda no coração e coloca em prática. Pela sua fé, Maria é o exemplo do cristão, seguidor e aprendiz do Senhor. Em Maria, a fé se traduz em ser mãe, educadora e discípula de Jesus. Sua importância está em sua fé, no seu compromisso radical e inteiro a Deus e ao seu projeto.

“Lembrem-se de que a verdadeira devoção não consiste numa emoção estéril e passageira, mas nasce da fé, que nos faz reconhecer a grandeza da Mãe de Deus e nos incita a amar filialmente a nossa mãe e a imitar as suas virtudes”. (Lumen Gentium, n.67)

Michele Amaral – Bacharel em Teologina – Puc – Rio

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais