Escritos de Santo Antônio Maria Zaccaria – Julho/2014

Uma espiritualidade para a sociedade urbana atual

Um dos maiores desafios para a Igreja católica nos tempos atuais é como iluminar espiritualmente a sociedade tão diversificada e dispersa que mora nas áreas urbanas do Brasil e de muitos países do mundo.

Todos sabem muito bem que vivemos em cidades “loucas” e desumanas em vários aspectos: desigualdades que persistem, corrupção como mentalidade oficial, manifestações e greves uma atrás da outra, mobilidade complicada, competição em todos os níveis, educação que deixa a desejar, caos no atendimento de saúde e tantos outros problemas que seria monótono enumerar. Tudo isso provoca uma desumanização progressiva e as pessoas se rendem à situação, ou correm para pedir socorro a “Deus e a todo mundo”, para conseguirem libertação a qualquer custo e, quase sempre, com o menor esforço ou mesmo sem esforço algum.

A vida urbana nos “roubou” o tempo e a afetividade. Não temos tempo, vivemos correndo para darmos conta de tudo! A afetividade, para muitos, virou objeto de consumo, ou seja, as pessoas estão se desgastando demais em seus relacionamentos, especialmente a juventude, mas não só ela.

Em que Santo Antônio Maria Zaccaria pode nos ajudar nesta hora?

Antônio Maria foi um homem do “interior”. Nosso santo, depois do curso de Medicina, feito em Pádua, exerceu a profissão em Cremona, sua terra natal, cuidando de muitos doentes, especialmente dos mais pobres. Ao mesmo tempo, foi catequista. Incentivado a ser padre por seus orientadores espirituais, iniciou seu ministério sacerdotal em Cremona mesmo. Algumas pessoas, especialmente uma condessa, o provocaram, para que se dirigisse à grande cidade da região: Milão, cuja sociedade padecia de mazelas que podem ser resumidas numa só palavra: decadência! Junto com outras pessoas que ele conheceu na grande cidade, Antônio Maria começa uma missão para recuperar a pessoa humana em todas as suas dimensões. É claro que ele trouxe – dos tempos de sua formação familiar, dos estudos universitários, da orientação que recebeu de dois frades dominicanos e da experiência pessoal como homem do interior, que se tornara médico e sacerdote -, uma bagagem humana e espiritual muito forte, que o sustentou na luta pela renovação do fervor cristão (seu carisma original) que passa, obrigatoriamente pela reconstrução da pessoa humana como um todo.

Creio que seja essa a nossa missão nos dias atuais, em que tudo muda muito rapidamente, em que valores fundamentais caem no esquecimento ou nem fazem parte da estrutura pessoal de tanta gente.

Será preciso RE-HU-MA-NI-ZAR o humano, se quisermos que a nossa sociedade se reaproxime conscientemente de Deus. Afinal, para Santo Antônio Maria, o caminho para Deus é humano  (cf Sermões 4 e 6).

Vamos ao prático: identifique nas frases de Santo Antônio Maria Zaccaria, citadas a seguir, o caminho a ser percorrido para ajudar na recuperação da vida humana e cristã nas nossas comunidades e na sociedade. Não cito, de propósito, os problemas da sociedade relacionados aos textos, para que todos reflitam e caminhem com as próprias pernas.

  1. “É uma grande verdade que Deus fez o homem instável e querendo sempre mudar, para não ficar parado no mal e, também, para que, conseguindo um bem, não fique parado só nele, mas passe para outro maior e, desse, para outro maior ainda e, assim, crescendo degrau por degrau, chegue à perfeição.” (10202)
  2. “O homem que quer chegar a Deus precisa de ir degrau por degrau, subindo do primeiro para o segundo e deste para o terceiro e, assim por diante. Ele não pode começar pelo segundo, deixando de lado o primeiro, pois as suas pernas são curtas demais e seus passos muito pequenos” (20114)
  3. “Se você se achar em condições de ser o reformador, coloque a cruz acima da tibieza com coragem, o quanto você puder, para favorecer a prática dos bons costumes. E o faça sem soberba e presunção (porque isso também pode acontecer). Mas, se você não se achar à altura (de ser o reformador) não desanime, porque lhe falta alguma qualidade, mas se decida a tornar-se aquilo que você ainda não é.” (31802)
  4. “Caríssimo, você pode compreender a necessidade do amor para com Deus nosso Senhor! Se você tem inteligência, como de fato tem, desejará conhecer os meios para adquirir esse amor e para ver se ele existe em você. Só uma coisa faz você adquirir e aumentar o amor de Deus e crescer neste amor; além disso, faz com que ele apareça claramente, quando, de fato, existe em você. Quer saber o que é? É o amor ao próximo!” (20418) “Você quer chegar à perfeição? Quer ser, pelo menos, um pouquinho espiritual? Quer amar a Deus, ser seu bom filho e ser amado por Ele? Ame o próximo, oriente-se para o próximo, disponha-se beneficiar o próximo e não a ofendê-lo.” (20424)
  5. “Coragem, irmãos! Se até agora houve alguma falta de firmeza em nós, vamos jogá-la fora junto com a negligência e corramos como loucos não só para Deus, mas também para o próximo, pois é o próximo que recebe tudo aquilo que não podemos dar a Deus, porque Ele não precisa de nossos bens.” (10216)
  6. “Se nós quisermos estar com Deus e, ao mesmo tempo, agir, falar, pensar, ler ou resolver problemas, o jeito é elevar, muitas vezes, os olhos de nossa mente a Deus, por pouco ou por muito tempo, tal como faríamos com um nosso amigo.” (10309) “Se, porém, as coisas se prolongarem, procure interrompê-las por breves momentos, como por exemplo, pelo espaço de uma Ave Maria ou como lhe agradar e faça a oração que Deus lhe inspirar. E isso, você poderá repetir várias vezes, conforme a demora das coisas.” (10310)

Há muitos outros textos, que não caberiam num artigo, que já está grande. Aproveitem para a sua meditação pessoal, em família, nos seus grupos e pastorais. Conheça e faça conhecer aos outros a figura de Santo Antônio Maria Zaccaria. E tem mais: com esses textos, você poderá começar a enfrentar muito melhor as demoras do trânsito, as greves e manifestações, a corrupção e os outros problemas que ainda estão longe de acabar.

Pe. Luiz Antônio do Nascimento Pereira CRSP

 

05 de julho: Dia de Santo Antonio Maria Zaccaria

Depois de 12 edições da Revista O Mensageiro, onde nossa contra capa apresentou lindas imagens de Nossa Senhora, este mês, em que comemoramos no dia 05, o dia de Santo Antônio Maria Zaccaria, fazemos uma homenagem àquele que além de ter a devoção da maioria de nossos paroquianos, é o patrono dos Barnabitas.

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM