Entrevista Pastoral – Setembro 2016

 

Pastoral do Canto Litúrgico

 

musica

 

Dando sequência ao nosso trabalho de divulgação das atividades pastorais da nossa comunidade, usamos todo mês este espaço para a Entrevista Pastoral.

Os membros das bandas do Loreto, ou os chamados agentes da Pastoral do Canto Litúrgico, todos nós conhecemos, nem que seja de “vista”. Conhecemos esses jovens, adolescentes e adultos que cantam e tocam em nossas celebrações, mas sabemos muito pouco de como trabalham e como se organizam.  Convidamos então a pastoral para um bate papo para entendermos melhor como se dá esse lindo trabalho, que tanto nos ajuda a refletir e nos aproximar da Palavra de Deus. A música e, portanto, as bandas, fazem parte da Liturgia, pois está diretamente inserida na organização e trabalho da Santa Missa. O trabalho com a Liturgia é uma parceria para que toda a comunidade tenha uma experiência de encontro pessoal com Deus.

Conversamos, com o Junior Vernin, coordenador geral e com alguns membros das bandas, vamos conferir:

 

Como se organizam as bandas litúrgicas do Loreto?

Para cada horário de Missa, temos uma banda específica. Porém em alguns finais de semana do mês outros grupos assumem o canto, e todos compõem o ministério.  Aos Sábados, na Missa das 18:30h, temos as bandas do ECC e EAC que se revezam entre si. Também contamos com a  participação do MEJ, que fica responsável pela música das 08:30h de Domingo, uma vez por mês, e o EJC no terceiro Domingo do mês, no horário das 19:00hs. E ainda em ocasiões especiais, como no encerramento do Encontro Fé e Dons, eles ficam responsáveis pelo canto na Missa das 19:00hs.

 

Quantas pessoas compõem cada banda e como se dá a rotina dos ensaios, escalas etc?

As bandas não possuem um número exato de participantes. Isso varia de acordo com a formação de cada uma e dos instrumentos que utilizam. Algumas possuem mais músicos, outras mais vocais.

Cada banda tem um ou mais coordenadores e a rotina de ensaios fica sempre a cargo deles, que se organizam da melhor maneira que é possível.

A escala que é seguida, basicamente, funciona como mencionado anteriormente. Porém, em datas especiais, como no Natal, Semana Santa e etc., fazemos um revezamento entre todas as bandas para que todas tenham a oportunidade de tocar.

 

Quais as atividades que envolvem o canto litúrgico e como acontece a escolha das músicas?

 

Nossa atividade envolve o trabalho em conjunto com a equipe de liturgia e nosso objetivo pastoral é levar a Palavra de Deus através da música.

Cada banda fica responsável pela escolha das músicas que vão cantar. Para essa escolha, temos que sempre estar em sintonia com Evangelho e assim cantarmos uma música adequada à ocasião.

 

Existe uma integração entre as bandas, com atividades comuns entre elas, como formação e aprofundamentos?

 

Tivemos algumas experiências de atividades comuns. Posso citar uma em especial que foi o CD Sementes de Amor, feito em prol da casa de Betânia, em que as bandas se uniram e participaram com uma faixa nesse CD. Organizamos o lançamento na lona Cultural de Jacarepaguá que nos abriu as portas para essa confraternização.

No ano passado, tivemos um encontro de formação, organizado pelo nosso Dirigente Espiritual, o Padre Luiz, onde refletimos sobre liderança e a importância do trabalho em equipe.

Estamos estudando a possibilidade de organizar um evento com as bandas, já venho amadurecendo essa ideia com o Bruno e o Jamil, seria uma forma de melhorar essa interação.
Tivemos um evento, assim chamado Canto de Fé que foi organizado pela banda das 08:30h alguns anos atrás.

De fato, temos que trabalhar melhor a nossa espiritualidade e conhecimento pastoral. Como a equipe é muito grande não conseguimos realizar muitos encontros gerais pelas dificuldades impostas pela rotina pessoal dos integrantes, mas sempre buscamos uma forma de melhorar. Cada banda tem a sua forma de buscar essa espiritualidade, com oração e reunião de partilha.

 

Como se dá, no Loreto, a interatividade de todos esses grupos, para um resultado correto e bonito, do ponto de vista litúrgico, das celebrações?

Como disse antes, sempre da melhor maneira que é possível. Vejo que cada um, fazendo a sua parte, resulta na melhora dessa  relação. Por exemplo: desde a escolha das músicas e confecção dos slides e envio à Pascom, que fica responsável pela parte de comunicação da celebração. Se uma das partes falhar pode prejudicar um bom andamento de uma celebração, temos então que caminhar lado a lado e sempre buscar um bem comum a todos que é levar a Palavra de Deus, e nosso caso, é através da música.

 

Como acontece a seleção dos cantores e músicos? 

Geralmente por indicação, mais não é uma regra.

 

Quais os principais desafios que vocês encontram nesse ministério?

Sempre de tentar melhorar em vários aspectos e não se deixar cair no comodismo.

 

 

Abaixo, destacamos um resumo da nossa conversa com os Coordenadores de cada horário:

 

Estou há 2 anos e meio na banda e o que me motiva neste ministério é poder servir com a música e através dela aproximar as pessoas da liturgia quando na missa ou ajudar a orar, louvar e adorar ainda que não se saiba como. Acredito ser a música um instrumento divino que eleva o nosso espírito e nos aproxima de Deus. 

Estar a serviço de Deus e da comunidade é bom, seja como for. Com a música é ainda melhor.

Fernando – Lage – ECC

 

Estou na banda há 6 anos e servir a Deus com a música é muito motivante.  A música toca muito as pessoas e deixam-nas bem intimas de Deus. É muito gratificante quando todos os paroquianos cantam as músicas. Você se sente “canal” de graça.

Thiago Santos – 18:30h

 

Faço parte da banda há cerca de 3 anos. 

Sinto profunda alegria em estar a serviço, colocando à disposição de Deus e da comunidade os meus dons, dados por Ele mesmo.

Sendo a celebração da Missa o centro da vida cristã, me sinto tocada e motivada por essa noção. A música em especial, sendo sinal de alegria do coração e com sua capacidade de adentrar os corações de diversas formas, me inspira muito a participar sempre das celebrações da melhor forma possível. Além disso, a música litúrgica expressa o mistério de Cristo e a sacramentalidade da Igreja, a ação da assembleia de cantar a uma só voz me emociona muito por toda a carga espiritual e comunitária que ela carrega. A própria Sagrada Escritura nos exalta a cantar em comunidade – “Sob a inspiração da graça cantai a Deus de todo o coração salmos, hinos e cânticos espirituais” (Cl 3,16) – e isso me lembra de tanto a alegria de cantar como a responsabilidade que temos quando exercemos o ministério da música. 

Kamila – 8:30h

 

Nossa equipe trabalha a aproximadamente há 25 anos. Somos uma família com saídas e entradas, e fazemos isso, pois necessitamos colocar nossos dons à serviço do Pai, mesmo que no caso, o teclado, toque 90% sozinho (risos), mas tem que ter alguém para ligar e desligar…

Jorginho 10:30h

 

Estou na banda há 3 anos e o que me motiva é ver como Deus age através da musica; Sou apaixonada por isso.

Juliana 19:00h

 

Estou na Banda desde Outubro do ano passado. Foi um desafio que Deus me enviou através do EJC, que me proporcionou o desafio de poder descobrir e amadurecer esse dom. Desde então minha motivação maior é a evangelização através dele, e também o desejo de poder contribuir com aqueles que começam assim como eu. 

Daniela – EJC

 

 

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM