Entrevista Pastoral – Movimento Eucarístico Jovem

Em tempos especialmente difíceis para o planeta, onde parte da população sobrevive com grande dificuldade em suas necessidades básicas, como, moradia, água, saúde e educação, além, da violência e de grandes desastres ambientais, que se espalham de forma assustadora, não podemos permitir que sentimentos de desânimo e abatimento se proliferem no meio de nós. Para tanto, precisamos fazer a nossa parte, nos comprometer em silenciar o nosso íntimo, abrandar tanto barulho e levantar a bandeira da paz e do amor, nos interiorizando e mostrando o quão indispensável é a nossa Fé Cristã.

E quando essa fé persevera através da juventude, estamos falando de uma geração que carrega consigo a transformação, a ousadia, a coragem, enfim, a esperança de um futuro melhor para toda a humanidade. E dessa forma, ela torna-se ainda mais especial e valorosa. Como bem disse o nosso querido Papa Francisco, “enquanto houver vida, há tensões e conflitos. Mas as tensões fazem-nos crescer, desenvolvem a coragem. E os jovens devem ter a virtude da coragem! Um jovem sem coragem é um jovem diluído, um jovem já idoso. Às vezes desejo dizer aos jovens: Por favor, não vos aposenteis!”.

Diante disso, para a primeira edição do ano de 2016, da revista O Mensageiro, fomos conhecer um pouco mais do MEJ – Movimento Eucarístico Jovem, que especialmente no ano de 2015, levou jovens do mundo inteiro ao encontro do nosso querido Papa Francisco, para celebração do seu centenário na cidade de Roma.

Conversamos com Igor Carvalho, que atualmente atua como coordenador arquidiocesano do movimento, e em conjunto com a equipe de coordenação arquidiocesana, é responsável por fomentar e apoiar os núcleos do Movimento Eucarístico Jovem, presentes nas paróquias na cidade do Rio de Janeiro, e também por implantar e promover o MEJ nas paróquias de nossa arquidiocese.

 

O que é o MEJ?

 O Movimento Eucarístico Jovem, ou simplesmente MEJ, é um grupo voltado para jovens e adolescentes que já concluíram a catequese. Tem como espiritualidade a adoração ao Sagrado Coração de Jesus. Em linhas gerais, a melhor referência para entender o que é o MEJ, é pensá-lo como a ala jovem ou mirim do Apostolado da Oração. E, neste sentido, toda a espiritualidade, bem como os preceitos vividos pelos membros do Apostolado da Oração, também são vividos pelos mejistas (maneira como chamamos os jovens do MEJ) com uma linguagem mais direcionada aos jovens.

 

Qual a espiritualidade do MEJ?

Assim como no Apostolado da Oração, os jovens do MEJ também são chamados a buscar um estilo de vida semelhante ao de Jesus Cristo e por isso o MEJ é denominado o 13º apóstolo de Cristo. Nossa espiritualidade tem como foco o Sagrado Coração de Jesus, e os mejistas são chamados a ser os reparadores deste coração, tantas vezes chagado por nossos pecados. Para caracterizar esta espiritualidade, podemos citar o oferecimento diário, o qual se trata de uma oração própria do Apostolado e do MEJ, através da qual nós entregamos nossos compromissos e atividades diárias ao coração de Jesus. Os três pilares do MEJ são: Eucaristia, Evangelho e Missão. Estes são os meios através dos quais buscamos a santidade, tal como a comunhão na primeira sexta-feira de cada mês, a qual é um preceito instituído pelo próprio Cristo em aparição no século 17 a uma Religiosa francesa, Margarida Maria Alacoque, hoje santa; e a festa do Sagrado Coração de Jesus, a qual os mejistas, bem como o Apostolado, comemoramos na oitava de Corpus Christi.

 

Qual o objetivo do MEJ?

O MEJ tem como base três principais objetivos. O primeiro é formar jovens para que estejam à disposição da igreja e, neste sentido, é interessante notar que em nossa paróquia os jovens do MEJ também são jovens do EAC, Coroinhas, são jovens que tocam e cantam nas missas, auxiliam na catequese, trabalham nos retiros de primeira comunhão, ou seja, são jovens que trabalham e participam da vida da paróquia. O segundo é proporcionar ao jovem um aprofundamento da fé Cristã, no sentido de promover o amadurecimento espiritual do jovem. E o terceiro é discutir como nós, católicos, devemos nos comportar em meio a nossa sociedade, pois, afinal de contas, somos católicos, mas também temos compromissos civis, temos uma vida familiar, escolar e acadêmica, temos responsabilidades políticas e sociais e convivemos diariamente com pessoas diferentes de nós. Mas, se fosse para resumir em um único objetivo, diria que o MEJ tem como objetivo fazer com que o jovem persevere na vida Cristã.

 

Como funciona o MEJ?

O MEJ se reúne dominicalmente sempre após a missa das 08h30m. Nosso encontro acontece de 10h às 11h30m. Nos encontramos no salão Sagrado Coração de Jesus, onde fazemos uma oração inicial e após esta oração dividimos o grupo em três grupos menores: Semente, com crianças de 9 a 12 anos, Gente Nova, com jovens de 13 a 15 anos, e Fogo Novo, com jovens de 16 anos ou mais. Esta divisão é feita por uma questão didática, onde possamos trabalhar da melhor maneira os temas propostos para o encontro.

Além das atividades dominicais, as quais são realizadas dentro da paróquia, participamos também de atividades a nível arquidiocesano, realizadas fora da paróquia. As atividades a nível arquidiocesano são a Páscoa dos MEJ’s, o Encontro Bíblico dos MEJ’s, e o Natal dos MEJs. Nestas atividades nos encontramos com mejistas de outras paróquias de nossa cidade e é sempre um momento de partilha e confraternização. Além destas atividades organizamos também anualmente um passeio. Em 2015, por exemplo, visitamos Petrópolis.

 

Como participar?

No momento estamos de recesso, mas a partir de meados de fevereiro estaremos de volta com nossas atividades. Aos jovens interessados em participar do MEJ, podem nos encontrar aos domingos no Salão Sagrado Coração de Jesus às 10h, lá teremos o prazer de recebê-los e fazer a sua ficha de inscrição. É importante lembrar que não há restrição de idade para participar do MEJ, e também não há necessidade de convite para participar do grupo, as portas estão sempre abertas para todos que desejam conhecer o nosso movimento.

 

Em 2015, foi celebrado em Roma o centenário do MEJ. Conte-nos um pouco deste desse evento.

O ano de 2015 foi um ano muito especial para o MEJ, tivemos a oportunidade de presenciar o jubileu de 100 anos de nosso movimento. Como parte das comemorações, foi realizado em Roma o encontro internacional do MEJ com o tema “Para que minha alegria esteja com vocês”, retirado do Evangelho de São João (Jo 15,9-17), nesta oportunidade mejistas de mais de 35 países estiveram reunidos para confraternizar e refletir sobre nossa fé, espiritualidade, e é claro sobre nosso movimento.

Do MEJ da paróquia Nossa Senhora de Loreto, infelizmente, nenhum meijsta pode estar presente, no entanto o MEJ de nossa arquidiocese esteve representado; Nosso representante foi o mejista Bruno Albuquerque, meu amigo de caminhada no movimento, o qual é mejista da paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, em Bangu.

Após o encontro em Roma, estive com ele algumas vezes e, segundo nos disse, tudo foi muito especial. Mas, o que mais lhe chamou a atenção, além das palavras tão ricas do Papa Francisco respondendo as perguntas dos próprios mejistas, foi poder comtemplar a universalidade da nossa fé católica, pois apesar das diferenças culturais e linguísticas dos mejistas presentes no encontro, a maneira de se realizar os ritos litúrgicos bem como a maneira como a espiritualidade do MEJ é vivida, é muito parecida com o que praticamos aqui, no nosso país. Bruno nos falou muito também a respeito da troca de experiências entre os participantes do encontro em Roma, a qual foi bastante intensa e próspera.

Particularmente, como mejista, também me senti abraçado quando o Papa Francisco calorosamente abraçou Ana Carolina Santos (mejista de São Paulo, questionada pelo Papa sobre quem era o melhor: Pelé ou Maradona…), pois ela estava representando todos os mejistas do Brasil.

Entrevista: Luciana Magalhães
Pascom Loreto

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM