Coluna Jovem – Out2018

 

Você faz as coisas por prazer ou apenas faz por obrigação?

         Vivemos uma grande corrida contra o tempo. Conciliar estudos, trabalhos, família, amizades, lazer e outros é bem difícil, principalmente quando mal temos tempo para fazer nossas tarefas e bater nossas metas. Se organizar e conseguir cumprir o planejado é crucial, principalmente conseguir realizar as tarefas, pois estamos sempre adiando um pouquinho nossos a fazeres que não seja tão divertidos assim.

         Com o passar do tempo, determinadas coisas passam a ser comuns para nós. Trabalhar, estudar, acordar determinada hora todos os dias, sair tal horário, chegar a casa e já sair novamente, são exemplos de ações que realizamos durante a semana e que, muitas vezes, fazemos por obrigação e não pelo prazer de fazer. Se perdemos a essência pelo que fazemos, se perdemos o gosto por algo, esse algo passa a ser comum como qualquer outra coisa que não tem mais importância. Quando isso acontece, paramos de aproveitar o momento, fazemos por fazer com o objetivo de terminar logo e ponto, nada, além disso. 

         Vamos imaginar uma situação que é bem comum. O trajeto de casa até o colégio, faculdade ou trabalho. Fazemos isso várias vezes por semana e por isso passa a ser algo indiferente pra gente, algo normal que “nunca” muda. Enquanto estamos passando por esse percurso, não observamos muito a paisagem, por exemplo, não olhamos os carros que passam pela gente, os diferentes humores das pessoas pela manhã, apenas fazemos o trajeto. Não abrimos nossos horizontes dessa maneira. Se durante esse simples trajeto reparássemos no que está a nossa volta, talvez deixe de ser um caminho “obrigatório” e passe a ser um caminho que te deixe bem, que te traga experiências novas.

         Existem muitas ações que realizamos de terminada forma por ter sido assim que aprendemos, por ser assim que alguém que conhecemos faz há bastante tempo. Não que isso seja errado, pelo contrário, aprendemos as coisas com quem já sabe, já conhece mais que nós, mas também não podemos deixar de ver por outro lado, de tentar fazer de outra maneira além daquela. O fazer as coisas com gosto, com prazer e não por obrigação, não fazer “automaticamente” gera resultados muito bons, tanto naquilo que fazemos, como para nós também.

         Pense mais nas coisas que te davam gosto de fazer e que hoje em dia viraram apenas rotina pra ti. Tente resgatar o gosto por fazer as tarefas diárias. Mude o olhar sobre a monotonicidade das coisas que te rodeiam.

 

Carol Freitas – EAC

Foto: Cláudia Hi – O Pequeno Lírio

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM