Colaboração do Leitor – Mar2019

 

O Cristo Negro de Portobelo no Panamá

 

Em janeiro a Cidade do Panamá recebeu dezenas de milhares de cristãos católicos onde celebraram a JMJ 2019. Porém o país e a cidade tornaram-se centro das atenções no Rio também neste mês de março devido ao enredo “A Fé que Emerge das Águas” onde o GRES Estácio de Sá – a 1ª escola de samba fundada no Rio de Janeiro ⁽ ¹ ⁾ – levou ao Sambódromo, tendo sido a 3ª escola do Grupo de Acesso a desfilar no sábado 2 de março.

 

Mas qual a história do Cristo Negro de Portobelo ⁽ ² ⁾?

A legendária representação de Jesus Cristo conhecida como Cristo Negro de Portobelo, mistura temas de raça e religião, juntamente com uma história com origem mítica, criando um dos muitos objetos de fé e devoção cristã do mundo.

As verdadeiras origens do Cristo Negro são na verdade desconhecidas. Existem 3 lendas, conforme a seguir.

 

A caixa e a tempestade: A versão mais difundida é a de que a estátua vinha sendo trazida da Europa, quando o mau tempo teria obrigado o navio a aportar em Portobelo. Por cinco dias, os marinheiros tentaram seguir viagem, o que sempre era impedido pela fúria das águas. Até que eles cismaram que o problema era a presença da estátua e jogaram-na ao mar. Segundo a versão, após tal providência, finalmente veio a calmaria e eles seguiram viagem. O ano era o de 1658 e o mês de outubro onde, de acordo com a história, um escravo negro estava pescando na cidade quando viu um grande objeto flutuando na água. Depois de arrastar o objeto misteriosamente embrulhado para o chão, ele desembrulhou-o na visão de várias testemunhas e apareceu a figura do Cristo Negro. A estátua foi recuperada e levada até uma capela onde ficou até a construção da Igreja de San Felipe, onde está hoje. Sua cor escura vem da madeira original na qual foi entalhada por um artesão espanhol.

 

A caixa e a epidemia: Outra importante versão foi a que muitos moradores locais sentiram através de sua fé que a aparição da estátua era um sinal de que Jesus estava com eles em um sentido muito mais amplo e concreto. Essa veneração foi recompensada e verificada quando a praga que assolava a região foi desaparecendo, assim que a imagem do Cristo Negro chegou à cidade.

 

Troca das imagens: Uma terceira lenda assegura que a Igreja de Taboga (uma ilha do Pacífico), ordenou a imagem de um Jesus Nazareno a um fornecedor da Espanha. Por outro lado, a Igreja de Portobelo pediu ao mesmo artesão uma imagem de São Pedro. Houve um erro ao enviar as imagens havendo a troca no envio das mesmas, sendo que a de São Pedro foi para Taboga e a do Cristo Negro acabou em Portobelo. Todos os esforços que foram feitos para tentar corrigir o erro não obtiveram sucesso, porque sempre acontecia algo que impedia a imagem de deixar a cidade. Desta forma, a comunidade interpretou as dificuldades como uma mensagem divina e abandonou a ideia de trocar imagens.

 

O manto da estátua é trocado duas vezes por ano, durante a Semana Santa e no festival em outubro. Desde então e para honrar as ações miraculosas do Cristo, uma procissão é celebrada todo dia 21 de outubro. Durante a procissão, os peregrinos caminham por vários quilômetros pela cidade, muitos vestindo mantos cerimoniais homenageando à figura do Cristo até chegar a igreja. É levada sobre os ombros dos fiéis por uma distância, representando o caminho que ele andou arrastando do mar. A procissão segue um conjunto de passos – quatro passos à frente, três passos para trás e ao ritmo de música típica – que vai se prolongando durante toda cerimônia e por horas. À meia-noite a imagem retorna ao seu lugar na Igreja.

 

Durante o Festival do Cristo Negro, milhares de peregrinos chegam a Portobelo. Histórias mágicas e milagres são contados em torno da imagem numa atmosfera onde se mistura todo o fervor religioso com a festividade. São vendidos diversos artigos religiosos e por tradição os fiéis colocam cera quente sobre seus corpos durante a procissão. Esse ritual faz com que estas pessoas sintam um pouco de dor como forma de penitência e purificação. Ao mesmo tempo, a música ao vivo é tocada durante o festival.

 

 

Celebridade Internacional esteve no desfile da Estácio de Sá

 

Panamá e Brasil estiveram reunidos no desfile de 2019 da Estácio de Sá através de um dos nomes mais celebrados e queridos hoje na América Latina. Filha de uma brasileira e nascida no Panamá, Érika Ender aceitou o convite da primeira escola de samba do Brasil e foi destaque no desfile que celebrou a fé e devoção do povo panamenho ao Cristo Negro de Portobelo. Símbolo pop, a cantora coleciona vários Grammy, Billboard, entre outros. No Brasil, seu hit Despacito foi cantado por artistas de diferentes segmentos e até Roberto Carlos se rendeu ao talento, carisma e beleza da artista. Atualmente, a estrela da música pop latina, tem o seu mais novo hit “Dónde” – dueto com o grupo cubano Gente de Zona –, que foi incorporado a trilha sonora da novela “O Tempo Não Pára” da Rede Globo de Televisão.

 

Colaborou com o texto (adaptado):  Paulo Renato

PASCOM

 

Fontes: Sites da Estácio de Sá, Enroute Blog (em espanhol) e Blog do Mestre Carnaval.
Fotos: Wikipédia, Estácio de Sá, Seracat e perfil do Facebook oficial da Érika Ender.
⁽ ¹ ⁾ A “Deixa Falar” foi fundada em 12/08/1928. Em 1955 passou a chamar-se “Unidos de São Carlos” e em 1983 mudou novamente para Estácio de Sá.
⁽ ² ⁾ Portobelo é uma cidade panamenha situada na província de Cólon, ao norte do Canal do Panamá.

 

 

Pai Nosso que emerge das águas
Perdoai as ofensas daqueles que não o entendem
Daqueles que não compreendem que sua cor é negra
Um Cristo que carrega a cruz das três raças

Ó, Cristo Nazareno Negrón
Nesta noite te oferecemos flores em devoção
Que seja feita, aqui e aí, a tua vontade
Assim na Terra como no céu:
Glória e prosperidade ao Panamá
E alegria a nosso povo da Estácio de Sá

Amém.

 

(Trechos retirados da sinopse do Enredo)

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM