Bem Estar

VIVER BEM COM DIABETES. É POSSÍVEL?

 

Sim, a maioria das pessoas com diabetes, conscientes da sua condição de saúde e dispostas a cumprir com atenção às orientações médicas, podem viver muito bem e por muitos e muitos anos.

O diabetes se caracteriza pela deficiência de produção e/ou de ação da insulina no corpo, e pode ser de dois tipos:

·        Tipo 1 – no qual o próprio corpo produz anticorpos e destrói as células do pâncreas, impedindo a produção da insulina, seu aparecimento ocorre em crianças e adolescentes, normalmente por infecções virais.

·        Tipo 2 – ocorre devido a hábitos de vida ruins, causando incapacidade de absorção e ação da insulina nas células musculares e adiposas. Este tipo é o mais prevalente, principalmente na população acima do peso e sedentários.

O diabetes tipo 2 é uma das principais doenças no Brasil, são mais de 12 milhões de pessoas, e o grande problema é o diagnóstico, na maioria das vezes tardio, devido a não apresentar sintomas, exceto nas fases avançadas.

Quanto mais comemos doces, bolos, biscoitos, refrigerantes, balas e outros produtos industrializados e de grande concentração de glicose, maior a intensidade de dependência química no cérebro, ou seja, maior é o desejo por esse tipo de alimento. Encarar esse problema como um vício e conscientizar a população é fundamental para seu combate.

Existem dúvidas na população de como podemos evitar o surgimento dessa doença tão prejudicial à qualidade de vida das pessoas. Vamos então, tentar responder as principais perguntas que nos fazem:

1 – Qualquer um pode fazer atividade física para controlar o diabetes?

A prática constante de exercícios físicos é fundamental, porem sempre com liberação e acompanhamento de profissionais de saúde. Se você é idoso e sedentário, há necessidade de ir ao cardiologista ou médico do esporte para iniciar a prática de atividades físicas, já que o diabético pode exigir uma investigação de como está o sistema circulatório de seu corpo, inclusive do coração.

2 – Qual o nível ideal de glicose?

Devemos manter níveis de glicose no sangue em jejum sempre entre 70 e 100mg/dL. A partir desse valor, existe um sinal de alerta, que deve ser acompanhado de perto, com um questionário detalhado sobre a dieta e o que pode ser feito para melhorá-la, e caso necessário, iniciar uso de medicações para seu combate.

3 – Quando devo tomar remédios para combater o diabetes?

Existem medicações via oral ou injetáveis com diferentes ações, entre elas a insulina. Geralmente seu uso é iniciado quando os níveis de glicose no sangue estão muito elevados, sem melhora com as medidas de dietas e exercícios, ou quando seu diagnostico é tardio e exige uma abordagem imediata para controle dos níveis elevados de glicose a fim de evitar o quanto antes as consequências no corpo. O médico deve ser sempre consultado.

4 – Qual a dieta ideal?

A dieta ideal é aquela de baixo índice glicêmico, ou seja, a que exige de seu corpo um trabalho para conseguir a energia. Fontes rápidas de glicose são muito prejudiciais, entre elas, doces em geral, refrigerantes e bolos.

Sua dieta deve conter folhas, verduras, legumes, carboidratos integrais, a fim de tornar a sua absorção lenta, e assim, evitar os altos níveis de glicose.

5 – Existe predisposição na família para desenvolver diabetes?

Sim, o fator hereditário é mais determinante no diabetes tipo 2, já no tipo 1, não há evidencias concretas.

6 – Quais as consequências do diabetes?

A Perda de visão, insuficiência renal, lesões de pele de difícil cicatrização, infarto do coração, acidente vascular cerebral estão entre as principais complicações.

7 – Diabetes tem cura?

Ainda não há cura para o diabetes, mas existem diversas pesquisas, até com células tronco.
Porém com diagnóstico precoce, e controle de seus fatores de risco, levando em consideração o tripé – atividade física, dieta e medicamentos – há um índice de sucesso grande, com controle de seus níveis e complicações.

A prevenção é o melhor remédio!

 

Colaborou: Dr. Leonardo Souza

Medicina e Prevenção
CRM/RJ 5289040-5
www.drleonardosouza.com.br

 

 

 

 

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM