A Simplicidade de um Papa

papa_francisco

A notícia de que o Papa Francisco, na  quinta-feira Santa, iria celebrar a Missa da Ceia do Senhor no Instituto prisional de menores foi confirmada pela Santa Sé.

A primeira coisa em que pensei foi na reação de quem recebeu a notícia da boca do próprio Papa… Talvez a mesma de quando, na passada terça-feira, ao apresentarem quatro mitras ao Papa, desde as mais simples às mais preciosas, para ele escolher, ter dito: continuo com a minha.

Desta vez a notícia é surpreendente para a própria Cúria, habituada a ter o Papa em São João de Latrão, na  Quinta-feira Santa, a lavar os pés aos cardeais ou aos padres.

Ainda assim haverá gente a perguntar: não será isto show-off? Não será marketing concertado para dar uma ideia de Igreja mais humilde e pobre? Tenho pena de quem pensar assim. Porque, na vida deste homem sempre foi assim. Aliás, na fotografia que acompanha este artigo, vemos o então Cardeal Bergoglio a lavar os pés, na igreja de um bairro pobre, a pessoas pobres.  Como disse, o Papa troca os pés dos Cardeais, instalados na Cúria e no poder, para ir a um instituto penal, celebrar o sacramento da Caridade com aqueles que chamamos erradamente “marginais”. Mais do que marginais são marginalizados.

Depois, o inesperado da decisão. Como Jesus. Naquela ceia de Páscoa, nenhum dos discípulos estava à espera deste gesto. Não fazia parte do ritual. Aliás, Jesus dará um novo sentido a cada gesto e ritual da Páscoa judaica. De tal modo que, a primeira reação de Pedro, é recusar que o Mestre lhe lave os pés.

Terceira ideia a destacar. Não é opção de uma pessoa, mas sim da Igreja. Como Jesus. Jesus não se deixou ficar no Templo. Entrava na casa dos pecadores, dos que a sociedade excluía, para lhes levar uma palavra de salvação e de acolhimento. Também agora, já não é só o cardeal Bergoglio a continuar a sua “tradição” de quinta-feira Santa. E não importa se é jesuita, vestido de dominicano com nome franciscano. É mais e muito mais profundo que isso: É a Igreja, que ele representa, a ir ao encontro daqueles que mais precisam de uma palavra de esperança e de proximidade. Não se convidaram os pobres, os drogados, os doentes, os presos a irem à igreja. Foi a Igreja que se convidou a ir às prisões, aos bairros de lata, aos hospitais… aonde é preciso ir.

Tudo isto para dizer que temos urgentemente que voltar ao evangelho de Jesus. Certamente que em muitas catedrais e igrejas do mundo inteiro, os cardeais, bispos e padres continuarão a lavar os pés aos seus, sejam seminaristas, membros dos conselhos paroquiais ou episcopais, ou ainda leigos destacados (também há que reconhecer que muitos, discretamente, estão incondicionalmente do lado dos pobres). Mas é preciso mais humildade e realidade. Descer ainda mais ao concreto da vida, tantas vezes obscurecido, para aí levar a luz do Evangelho.

Depois do lava-pés, Jesus dá esta recomendação aos apóstolos: “Compreendeis o que vos fiz? Ora, se eu, o Senhor e o Mestre vos lavaram os pés, assim também vós deveis lavar os pés uns aos outros”. Com esta notícia do próximo lava-pés do papa, atrevo-me a adaptar a frase de Jesus, como se o papa Francisco nos dissesse a todos: “Compreendeis esta decisão? Ora, se eu, o bispo de Roma (não gosta de usar o título de Papa) vai lavar os pés a um instituto penal de menores, assim também vós, padres, bispos e cardeais deveis ir às margens esquecidas da sociedade e aí lavar os pés, uns aos outros”.

(imagem: Jesus a lavar os pés aos discípulos, Bento XVI a lavar os pés aos clérigos, Cardeal Bergoglio a lavar os pés aos pobres).

Texto baseado no artigo de Fr. Filipe, op (LISBOA ) da internet

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM