A Igreja é Una, Santa, Católica e Apostólica

Esta é a única Igreja que Cristo fundou. Ela recebe suas propriedades de sua fonte divina. É o próprio Cristo, pelo Espírito Santo quem as dá a sua Igreja. E os seus atributos: una, santa, católica e apostólica são inseparavelmente ligados entre si.  É Reconhecemos isto pela fé, mas a razão vê isto com clareza através de suas manifestações históricas.

 

A Igreja é una

O mistério sagrado da Unidade da Igreja

A Igreja é una porque seu modelo e origem é a Trindade- que é um só Deus em três pessoas. Teve um único fundador: Jesus Cristo que restabelece todos os povos em seu Corpo. A Igreja é uma por sua “alma”, pois é vivificada pelo Espírito Santo.

Citando São Clemente de Alexandria: “Que estupendo mistério! Há um único Pai do universo, um único Logos do universo e também um único Espírito Santo, idêntico em todo lugar; há também uma única virgem que se tornou mãe, e me agrada chamá-la Igreja” (CIC 813).

Como é enorme a variedade de dons de Deus assim como de indivíduos, há uma grande diversidade de povos e culturas, de encargos, de condições e de modos de vida. Essa grande diversidade não é oposta à unidade da Igreja, mas como o pecado e o peso de suas consequências podem ameaçar esse dom da unidade, a Epístola aos Efésios 4,3 já diz que devemos exortar a “conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz”.

Esses são os vínculos da unidade: uma só fé, recebida dos Apóstolos e através da sucessão apostólica e do Sacramento da Ordem que garantem essa unidade; uma só vida sacramental, celebrada no culto divino, uma comum esperança e a mesma caridade.

Seria de grande proveito, para melhor compreender a Unidade da Igreja a leitura Da Constituição Dogmática Lumen Gentium (LG) e o Decreto Unitatis Redintegratio (UR) que são documentos do Concílio Vaticano II.

Tanto a LG quanto a UR mostram que a plenitude dos meios de salvação só podem ser obtidas por meio da única Igreja de Cristo, por ela ter sido constituída por Ele, que a entregou a Pedro como chefe e aos demais Apóstolos. Essa Igreja como sociedade constituída e organizada no mundo subsiste na Igreja Católica, governada pelo sucessor de Pedro, o Papa e pelos bispos em comunhão com ele.

As feridas na unidade

Desde os primeiros tempos da Igreja de Deus apareceram algumas controvérsias, algumas comunidades se separaram. Houve heresias, apostasias e cismas, pois ensinavam e defendiam ideias contrárias ao ensinamento de Cristo e da Igreja.

O Batismo recebido incorpora os membros em Cristo e por isso são reconhecidos como irmãos no Senhor. Somos todos cristãos. O fato de dizer que a Igreja Católica tem a plenitude dos meios de salvação não quer dizer que em outras Igrejas e comunidades eclesiais não se encontrem muitos elementos de santificação e de verdade. Apesar de muitas divisões, a unidade a unicidade da Igreja mantiveram-se visíveis.

Rumo à unidade

A Igreja deve sempre orar e trabalhar para manter, reforçar e aperfeiçoar a unidade que Cristo quer para ela. No fim do qual serão superadas todas as divisões.

O convite é feito pelo Espírito Santo. Respondendo a este apelo:

É importante que haja uma renovação permanente da Igreja em uma fidelidade maior à sua vocação, que serve como impulso em direção à unidade.

A conversão do coração tendo em vista uma vivência mais pura segundo o Evangelho. A infidelidade é causa de divisões.

A oração em comum tanto em orações particulares quanto públicas pela unidade dos cristãos que são a alma do movimento ecumênico.

O recíproco conhecimento fraterno.

A formação ecumênica dos fiéis, tanto dos padres quanto dos fiéis leigos.

O diálogo teológico realizado nos encontros entre os cristãos de diferentes Igrejas e comunidades.

A colaboração entre cristãos nos diversos campos de serviço aos homens. (UR 6-12)

É “na oração de Cristo pela Igreja, no amor do Pai por nós e no poder do Espírito Santo” (UR 24) que devemos colocar nossa esperança, pois no fim serão superadas todas as divisões. E nós sabemos que este projeto sagrado de reconciliação de todos os cristãos ultrapassa as nossas capacidades humanas.

 

Jane do Térsio

btn_cepar_468x150  Cepar
  • Alfabetização, cidadania, comunicação, saúde, coral, ações sociais e eventos, você encontra aqui!
Saiba mais

Apostolado da Oração, Congregação Mariana, Grupos de Oração, Liga Católica, Movimento Mãe Rainha e Pastoral Vocacional...

Saiba mais

Você, jovem ou adolescente, que quer se aproximar mais de Deus, confira as opções de grupos jovens que nossa paróquia oferece.

Saiba mais

Aqui você encontrará informações sobre CF, Fé e Dons, Círculos Bíblicos, Cursos da Palavra, Escola de Evangelização Santo André e Mater Eclesiae e Luz e Vida.

Saiba mais

Informações sobre Batismo, Crisma ou Confirmação, Eucaristia, Confissão ou Penitência, Extrema Unção, Ordem e Matrimônio ministrados em nossa paróquia.

Saiba mais

localVeja o mapar de como chegar a Paróquia e Santuário Nossa Senhora de Loreto:

Ladeira da Freguesia, 375 -Freguesia - Jacarepaguá – RJ

CEP 22760-090

Saiba mais  

Entre em contato conosco através dos emails da Administração, Ação Social Loreto, Pe. Barnabitas, Igreja N. Senhora de Loreto, Jornal O Mensageiro, Secretaria, Pascom e Pastoral da Juventude.

Saiba mais

Confira o horário de atendimento de nossa secretaria, missas, confissões, eucaristia e batismo.

Saiba mais
CAPELAS

capelaNeste espaço, você encontrará os endereços das Capelas assistidas pela nossa paróquia e seus respectivos horários das Missas:

    • » NOSSA SENHORA DA PENNA
    • » NOSSA SENHORA DO AMPARO
    • » NOSSA SENHORA DE BELÉM
    • » SÃO JOSÉ (CARMELO)
    • » SANTO ANTONIO
Saiba mais
HISTÓRICO DA PARÓQUIA

quem_somosPrezado leitor, querido paroquiano.

Sim. Agora podemos dizer que Nossa Senhora de Loreto é Patrona do nosso povo de Jacarepaguá há mais de 350 anos.

Quando o P. Manoel de Araujo veio de Lisboa, trouxe esta imagem e, tendo conseguido alguns favores por intercessão da Virgem, lhe dedicou um santuário. Conta o Frei Agostinho de Santa Maria no seu livro “Santuário Mariano e história das imagens milagrosas de Nossa Senhora” de 1723:

Saiba mais
HISTÓRICO DO SANTUÁRIO

hist_santuarioO Brasil, em colonização pelos portugueses, saía do Ciclo do Pau Brasil e ingressava no do Açúcar. Desenvolvia-se em terras litorâneas a construção de engenhos e fazia-se presente atividade febril nos meses de moagem da cana e fabrico de açúcar.

As terras de Jacarepaguá eram consideradas extremamente férteis e a região onde seria construída a Igreja do Loreto era denominada Planície dos Onze Engenhos...

Saiba mais
CEPAR

CeparO CEPAR (Centro de Estudos paroquial Nossa senhora de Loreto), inaugurado em Maio de 2000, uma área construída de cerca de 3000 m2, um complexo com 15 salas de aula cada uma com 30 lugares, um plenário para cerca de 120 participantes, um salão para festas e eventos abrigando 50 mesas redondas de 6 lugares, sem prejuízo da pista de dança e a varanda que circunda o salão pode abrigar 20 mesas redondas de 6 lugares,portanto, cerca de 420 pessoas podem desfrutar dos eventos no salão...

Saiba mais
HISTÓRICO DE NOSSA SENHORA DE LORETO

Historico N. Sra. LoretoNossa Senhora de Loreto

A ditosa casa de Nazaré, onde, após a saudação do Anjo à futura Mãe de Deus, o Verbo se fez Carne, foi transportada, segundo a tradição, para a cidade de Loreto, na Itália.

A Santa Casa de Loreto foi o primeiro santuário de porte internacional dedicado à Santíssima Virgem tendo sido, durante muitos séculos, o verdadeiro centro Mariano da Cristandade....

Saiba mais
Facebook
Twitter
YouTube
INSTAGRAM